Trilha - Santa Maria - Cascata do Sapo - 17Km

Caminhada de 17Km, percurso de intensidade média, vamos?

Ao primeiro olhar, caminhar 17Km com subidas e decidas por 8hs... assusta... Mas como já fiz outras aventuras sem estar em condicionamento físico apropriado, e, de tempos em tempos, aproveito para testar os limites das teorias do treinamento físico e os meus. Afinal não deveria ser difícil para alguém que conhece seu corpo, bem como com certa experiência em trilhas de diferentes intensidades... mesmo sem preparo apropriado, topei.

Disse sim ao Guilherme (Grupo Bandeirantes da Serra), tomei café ( 2 bananas + 1xíc de café ) e fui com a mochila monida de água + bananas + maçãs + bergamotas e laranjas.

O grupo de idades, realidades e condicionamento variado... começa a caminhada. O percurso, com subidas leves ( 200 - 300m ), paradas com direito a comer fruta do pé, explicação da paisagem, da região...seguiu por montanhas, estradas tranquilas, até chegarmos a cascata de águas cristalinas.


A descida da cascata por trilha de ângulo agudo... talvez 100m... para os não condicionados como eu, foi puxada.

Em geral, as descidas < CONTRAÇÃO EXCÊNTRICA - Quando um músculo alonga-se durante a contração, (dinâmica negativa) ou de alongamento. Nas contrações excêntricas a origem e inserção se afastam, produzindo a desaceleração do segmentos do corpo, absorvendo o choque (amortecimento). Típico de quando aterrissamos de um salto ou ao andarmos, ou seja, toda vez que freiamos o movimento.> são mais intensas que as subidas. A intensidade do esforço muscular é de 3 a 4x maior.

Compute também certo risco de deslizar... massacraram o quadríceps... e ao chegar no pé da cascata, estávamos, eu e mais alguns, com as pernas trêmulas. ( Indicativo de fadiga muscular por excesso de esforço ou falta condições fisiológicas para abastecimento energético). Leia aqui o que comer antes e pós atividade física.

Nada que relaxamento associado a alongamentos e tempo de descanso não aliviassem. Aplicados no momento. Resultado, estávamos num lugar lindo, nenhum ferido, dentro do tempo e felizes.

Comemos muita fruta e água ao longo do tempo... Não tive fome, nem sede e não senti falta de energia para o esforço.

Os integrantes Rafael e Guilherme, do Grupo Bandeirantes estão de parabéns pela assessoria, seriedade e profissionalismo. Para aqueles que cansassem, havia a possibilidade de retorno por carro.

Quando lhe convidarem para uma trilha...não tenha medo da distância, o mais importante é a composição do percurso e experiência da equipe que conduz a atividade.

Lembre-se de sempre fazer alongamento antes e depois da atividade!

Aventure-se sem medo!

Veja mais:

0 comentários:

Desenvolvimento e Gestão do Blog: Zope Mídia

  © Free Blogger Templates 'Greenery' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP