O que é melhor: caminhada ou bicicleta ergométrica?

O que é mais eficaz: caminhada na esteira ou bicicleta ergométrica?

Ao sermos abordados por este tipo de pergunta, a resposta inevitável é: depende do condicionamento e perfil de quem pergunta.

Tanto a caminhada ou “bike” ( como atividades aeróbias ) contribuem para a " metabolização das gorduras " e ambas proporcionam melhoras no condicionamento cardiorrespiratório e na hipertrofia dos músculos dos membros inferiores.

Para pessoas com atividade profissional onde 80% do tempo de trabalho ficam sentadas, o bom senso profissional nos direciona a sugerir a caminhada na esteira.

O trabalho sedentário sentado, quase inutiliza os músculos abdominais, posteriores de coxa, glúteos e sobrecarregam paravertebrais ( costas ) e cervicais. Na esteira o peso corporal é melhor distribuído pelos membros e põe em atividade estes músculos inativos. Tanto em treinos de baixa intensidade como em trabalhos mais intensos na esteira.

Àquelas pessoas onde o trabalho varia entre ficar de pé, caminhar, sentar, subir escadas... fica mais tranqüilo prescrever treinos na bicicleta, mas ainda assim intercalar com esteira seria indicado.

Salvo os treinos de Spinning, onde se consegue mobilizar glúteos, enfatizar posteriores de coxa, braços e abdômen, na bicicleta ergométrica, a predominância da força é realizada pela musculatura anterior de coxa e quase nada de abdominal e braços.

Portanto, a quem executa trabalho sedentário, recomendamos a esteira pelo simples fato de mobilizar um número maior de músculos que na ergométrica.

0 comentários:

Desenvolvimento e Gestão do Blog: Zope Mídia

  © Free Blogger Templates 'Greenery' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP